Somos todos CNPQ

O presidente Jair Bolsonaro conseguiu o que queria: com os cortes no orçamento do CNPq, principal agência de fomento à ciência do governo federal, ligada ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), os recursos de 2019 chegaram ao fim e 84 mil bolsistas terão as suas pesquisas paralisadas. João Luiz Filgueiras de Azevedo, presidente do órgão, disse que pagará as bolsas de agosto normalmente, "mas de setembro em diante não tem como pagar mais nada”. 

Lembrando que há algumas semanas esse desgoverno cortou mais R$ 60 milhões da Ciência e Tecnologia, totalizando bloqueios de mais de R$ 3 bilhões! Nós que somos preocupados com o desenvolvimento científico e tecnológico do Brasil exigimos a recomposição imediata do Orçamento do CNPq com um aporte de R$ 330 milhões. A pesquisa e o desenvolvimento no Brasil não podem parar! Participe do abaixo assinado em defesa do CNPq #somostodosCNPq

ASSINE O ABAIXO ASSINADO EM FAVOR DO CNPQ: https://www.change.org/p/parlamentares-do-congresso-naciona…


site desenvolvido por Agência Libre e ConsulteWeb | 2020